Seguidores

sexta-feira, 27 de maio de 2016

DICAS QUE VOCÊ DEVE IMPLANTAR NOS SEUS CARDÁPIOS


1. Ser original 
cardápio deve tem equilíbrio ao apresentar os diferentes tipos de pratos e refeições. 
Com um pouco de originalidade, é possível oferecer um hambúrguer simples, o americano, com queijo e um especial, de acordo com a temática do estabelecimento. 
2. Ser versátil
Ter um cardápio versátil significa que nenhum ingrediente deve ser utilizado de forma isolada. Isso significa que o mesmo ingrediente deve constar em mais de um prato. Caso contrário, você corre o risco de não vender o ingrediente e jogar comida fora. Em um restaurante ou lanchonete, esse desperdício significa perder dinheiro. 
3. Estar de acordo com o perfil do público 
O proprietário do bar, restaurante ou lanchonete deve ter total controle dos custos dos pratos. Ingredientes caros, equivalem a menus caros. Isso não significa que você deve utilizar produtos de segunda linha, mas desenvolver o cardápio de acordo com o seu público.
4. Fácil de preparar  
Se você tem um restaurante, sabe que alguns horários exigem maior agilidade de atendimento. Portanto, escolha pratos que sejam de rápido preparo ou que permitam preparo com antecedência.
A diagramação e fontes utilizadas devem proporcionar fácil leitura e permitir que o cliente encontre o prato desejado rapidamente. Uma dica é manter um design simples e evitar o uso de expressões tipicamente culinárias. 
Lembre-se: quem vai utilizar o cardápio é o cliente e não você!
6. Evite! 
Há uma lista de coisas para evitar em cardápios: fonte de difícil leitura, linguagem excessivamente descritiva, imagens de produtos não oferecidos ou mal tiradas, layout carregado. Lembre-se, seu cardápio é a apresentação do seu estabelecimento
7. Pratos limitados 
Evite a tentação de oferecer uma grande variedade de pratos. Esta é uma forma eficiente de atender com agilidade e evitar o desperdício de alimentos. Considere que sua cozinha tem limite de capacidade, assim como os cozinheiros. 
Quer variar os pratos? Aproveite as estações do ano ou datas especiais. Mas lembre-se de ter cardápios diferenciados ou atualizar o original.
8. Menu atualizado 
A fim de manter o custo sob controle, atualize seu cardápio pelo menos uma vez por ano. Isso não significa que você tem que reescrever ou adicionar novos pratos. Esta atualização é, principalmente, para certificar-se de que os preços adequados e avaliar os itens que não estão vendendo. 
9. Menu especial 
Datas comemorativas são excelentes oportunidades para variar o cardápio e oferecer pratos especial. Para os empresários, também significa ganhos extras. Cardápios promocionais são opções criativas de manter esses ganhos durante o ano todo.
O importante é que esse menu esteja muito bem identificado ou, sempre que possível, em um cardápio exclusivo.
10. Revisão é fundamental
Provavelmente esta é uma das dicas mais importantes para a produção de qualquer peça gráfica. Revise o conteúdo, mais de uma vez. Peça para pessoas sem envolvimento com a criação que façam o mesmo.
Nada mais desagradável que entregar aos seus clientes um cardápio com erros ortográficos, descrições mal feitas e problemas de digitação.